sexta-feira, 8 de junho de 2012

Prepotência... Não é bem assim.


Se tem uma coisa que mais identifique essa administração de Apodi é a prepotência. Não da prefeita, mas do marido dela.

Tudo que a prefeitura faz, ela faz porque quer ou porque acha que precisa. Nunca vi alguém da prefeitura procurar a opinião pública para saber o que o povo acha de certas obras. Simplesmente eles fazem e a gente tem quer achar bom.

Um claro exemplo disso é a futura praça da Juventude. Não sou contra a praça e nem, por incrível que pareça, contra a localização dela. Mas custava alguma coisa procurar saber o que o povo acharia dessa praça lá no "pé da serra"?

Desde que saiu esse projeto, vejo reclamações por causa da localização dessa bendita praça. E tudo isso tem uma forma bastante fácil de resolver: Com a opinião pública. 

Era só pegar alguns possíveis lugares e fazer uma enquete. Onde o povo achasse melhor, pronto. O povo escolheria o local, o prefeito fazia e todos saiam felizes.

Mas não... Fazem, ditam as regras e o povo só sabe quando está tudo definido e perto de começar a obra.

A administração pública é feito pro povo e pelo povo. Se o dinheiro é nosso, temos o direito de opinar.

Só que não. Quem manda é o senhor lá, é quem escolhe local, como gastar e onde gastar. Prepotência pura.

Essa forma de gestão não me agrada.

Participação popular, cara pálida. Isso é bom. e o senhor ou senhora bem que poderiam pensar em adotar essa tática. Acredite, funciona.

Grato.

3 comentários:

Anônimo disse...

nao sei porque essa gestao nao deagrada mais pois antes de agradava muitoooooooooooooooooooooooooo

Anônimo disse...

vc scriticam tudo até o local tão tudo é revoltado por que a mulher ta trabalhando.vai ser feito nese local ate por que não cabe em nenhum canto dentro da cidade...

ecijunior disse...

Quem criticou o local? Você? É porque eu não fui.

Aprenda a ler o texto antes de criticar.


Já disse e vou dizer de novo. Não me responsabilizo pelo o que você quer lê e sim pelo o que escrevo.

Grato.

Marcadores