quinta-feira, 28 de junho de 2012

Quando eu era incompetente.




Quando eu fazia o ensino médio não era um aluno exemplar. Sempre fui muito sacana e bagunceiro...

Por eu ser muito bagunceiro e moleque nunca conseguia enfrentar de primeira as provas ou trabalhos.

Justamente por eu ser incompetente fazia de tudo para adiar as avaliações. E isso era até normal.

Muitas vezes faltava no dia da prova, no dia da entrega do trabalho. Inventava alguma coisa e tentava fazer com que o professor (a) adiasse a avaliação, pelo menos, para mim.

Era uma forma de tentar enganar os professores para eu conseguir mais tempo para estudar.

Triste ilusão minha. Além de também não estudar, os professores ainda faziam uma prova ou trabalho bem mais difícil e eu acabava me dando mal do mesmo jeito.

Tentava em vão adiar as provas por causa da minha incompetência e minha malandragem.

Foi ai quando percebi que devia encarar as avaliações de frente. Não adiantava adiar, pois sabia que mais pra frente iria ter que pagar, talvez até pior. Seria bem mais fácil eu estudar e fazer a prova no dia exato, assim como todo mundo fazia.

Eu pagava caro por minha incompetência. Coisa que infelizmente não acontece com a política.

Grato.

Nenhum comentário:

Marcadores